REGULAMENTO

Leilão presencial é um processo licitatório onde o Leiloeiro Público coloca a venda através de pregões, qualquer bem que lhe for confiado por meio de contrato público ou privado ou através de designação judicial.

Leilão on-line é realizado através da plataforma de leilões eletrônicos da AMARAL LEILÕES , em data e hora expressamente determinadas por Editais, proporcionando a participação de um maior número de potenciais compradores.

O Leilão é público, podendo participar pessoas físicas maiores de 18 (dezoito) anos e pessoas jurídicas, desde que concordem e cumpram as regras estabelecidas no Contrato de Adesão do Usuário apresentado nos Termos de Uso na página inicial do nosso site e dos respectivos Editais, que definem as Condições de Venda e Pagamento de cada Leilão.

Para estar apto a ofertar um lance, o participante deverá se cadastrar no site da AMARAL LEILÕES e habilitar-se para participar no leilão pretendido através do aceite das regras constantes nos Termos de Uso.

Depois de habilitado, o usuário poderá ofertar lances via web mas é importante que antes da habilitação, o participante leia atentamente o Edital do Leilão correspondente, pois cada Leilão possui condições de pagamento, de venda, regras e particularidades diferentes.

Os lotes oferecidos pela AMARAL LEILÕES são provenientes de alienações públicas, judiciais ou corporativas e são vendidos no estado em que se encontram a quem oferecer o maior lance, respeitado o valor mínimo para venda do bem.

Os lances podem ser ofertados antecipadamente via web através do site do www.amaralleiloes.com.br e, quando permitido no Edital, os lances também poderão ser realizados em tempo real. Através do site é possível acompanhar o andamento do leilão.

Cada edital informará a data e o local de visitação. Para os participantes que se utilizarem da modalidade de leilão on-line, a imagem do bem estará disponível no site.

O não pagamento do preço do bem arrematado ou da comissão da AMARAL LEILÕES no prazo estabelecido, configurarão desistência ou arrependimento por parte do arrematante, ficando este obrigado a pagar o valor da comissão estabelecida nos termos dos Editais, sem prejuízo de eventual demanda judicial para cobrança dos prejuízos causados. O desistente também poderá incorrer nas penas previstas no artigo 335, do Código Penal.